- Como anda sua fé?

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011 1 comentários
Fé (do Latim fides, fidelidade e do Grego pistia) é a firme convicção de que algo é verdade, sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo de verificação, pela absoluta confiança que depositamos nesta idéia ou fonte de transmissão. Ou seja, sendo a fé uma forma de convicção, é impossível duvidar e ter fé ao mesmo tempo.

“E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram;
E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pelas ondas; ele, porém, estava dormindo.
E os seus discípulos, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Senhor, salva-nos! Que perecemos.
E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança.
E aqueles homens se maravilharam, dizendo: Que homem é este, que até os ventos e o mar lhe obedecem?” Mateus 8:23-27


Os discípulos conheciam e foram testemunhas dos feitos de Cristo como ninguém mais foi, e mesmo assim, duvidaram do poder de Deus temendo a tempestade. É tão difícil acreditar no invisível, em algo que não pode ser visto e nem tocado! O ser humano desde a criação do mundo foi incrédulo, e isso é visto até os dias de hoje.
Mas como explicar o medo dos discípulos, mesmo eles estando com o próprio Deus em carne e osso dentro daquele barco? É fácil, o homem só acredita no que vê, o medo é um sentimento natural e de defesa do homem; aqueles discípulos apesar de seguidores de  Jesus eram seres humanos imperfeitos além do mais estavam no inicio de seus aprendizados. Logo que Jesus levantou-se e repreendeu os ventos e o mar, os discípulos se maravilharam com seu poder. Eles tiveram que ver pra crer, e Jesus os repreendeu chamando-os de “homens de pouca fé”. Creio que logo após o acontecido, eles se envergonharam disso.

"Porque andamos por fé, e não por vista". II Coríntios 5:7

Segundo a mentalidade cristã, todo o conjunto dos ensinos transmitidos por Jesus Cristo e seus discípulos constitui a "fé". Gálatas 1:7-9 A fé cristã baseia-se em toda a Bíblia como a Palavra de Deus, que inclui as Escrituras Hebraicas, as quais Jesus e os escritores das Escrituras Gregas Cristãs freqüentemente citaram em apoio das suas declarações. Segundo estas Escrituras, para ser aceitável a Deus, é necessário exercer fé em
Jesus Cristo, e isto torna possível obter uma condição justa perante Deus.

A bíblia nos mostra em diversas passagens que o homem sempre precisou de provas, ou seja, de ver algo para manter sua fé acesa. Em uma delas, quando o povo de Deus cruzava o deserto o Senhor ia adiante deles de dia numa coluna de nuvem, e de noite numa coluna de fogo para iluminá-los; dessa forma Deus fazia com que aquelas pessoas se mantivessem firmes na caminhada; sempre que a fé ao logo da caminha ia se esfriando, eles olhavam para a coluna de fogo e de nuvens a frente e logo suas fé eram restauradas. Êxodo 13:21

Moises subiu ao monte Sinai para estar com Deus e lá esteve por 40 dias e 40 noites, o povo impaciente com sua demora decidiram construir outro deus e fizeram um bezerro de ouro dizendo que era o deus deles que os tirou da terra do Egito. Êxodo 32:1-8

 Moisés esteve ausente por poucos dias e o povo tratou logo de construir outro deus para suprir a falta que seu líder fazia.  Para aquele povo Moisés era um ícone que eles tinham para que mantivessem acesa a chama da fé, e logo que sentiram a ausência prolongada de seu intercessor, trataram de construir uma imagem de bezerro. Eles achavam que necessitavam de algo pra ver e tocar assim tinham fé, pois Moises era o único que podia conversar face a face com Deus, pois ele era o interlocutor de Deus com o povo.

Para muitas pessoas, a fé, ou falta dela, é uma parte importante das suas identidades. A fé significa compromisso numa relação com Deus. Nesse caso, a palavra é usada no sentido de fidelidade.

O que não é fé?

1º Fé não é esperança.

A esperança diz: "Um dia, Deus vai curar-me":
"Por isso vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebestes, e tê-lo-eis". Marcos 11:24
A Fé diz: HOJE, tudo aquilo que Deus promete é meu.
"Eu recebo a minha cura agora."
A Fé põe as coisas no presente:

2º Fé não é entusiasmo.

Certas pessoas quando ouvem determinado tipo de mensagens, ficam entusiasmadas:
"Ah, Pastor, é isso mesmo, que grande mensagem, foi uma benção...";
"É Pastor, Jesus vem cedo, vou deixar o meu emprego e vou pregar o Evangelho...".
No ano seguinte, o entusiasmo ainda continua, mas sem resultados.
Exemplo: Certo evangelista durante uma campanha mandou um paralítico levantar-se da sua cadeira de rodas, e o homem levantou-se completamente curado. Ouve alguém, que vendo isto, quis fazer o mesmo na sua igreja, mas nada aconteceu: ele não acreditava que um doente pudesse ser curado, muito menos um paralítico.
Ele tinha o entusiasmo, mas faltava-lhe a fé.

O ENTUSIASMO SEGUE EXPERIÊNCIAS, MAS A FÉ SEGUE A PALAVRA DE DEUS.

A Fé opera sempre, sobre as Promessas de Deus, e não dando passos no escuro. Pela fé é que se recebe a benção. 

3º Fé não é um sentimento mental.

Sentimento mental reconhece que as promessas de Deus são verdadeiras, mas recusa-se a agir de acordo com elas, por causa das circunstâncias. "Já oraram por mim, mas ainda tenho dores, disseram-me que não tem cura".
Uma senhora, de certa idade, dizia: "Pastor, eu tenho de morrer cedo, porque as minhas economias estão a terminar".
"Irmã, mas a Bíblia diz que Deus suprirá todas as suas necessidades".
"Pois, é verdade, Pastor!"
"Então já pode viver mais uns bons anos!"
"Ah, Pastor, isso não, porque o dinheiro não vai chegar...!"
Esta senhora reconhecia o que a Palavra de Deus diz, mas as circunstâncias diziam-lhe que ela não poderia viver muito mais. O sentimento mental, para ela, era mais forte, que as promessas de Deus.

Na Bíblia, a palavra fé transmite a idéia de confiança, fidúcia, firme persuasão. A fé é "o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que não se vêem" (Hebreus 11:1), é a convicção de algo subjacente a condições visíveis e que garante uma posse futura, sendo a base de esperança para se ter convicção a respeito de realidades não vistas. Segundo Romanos 10:17 a fé vem pelo aprendizado da bíblia.

Os cristãos usam o termo fé como afirmação da crença sem alguma prova, e até mesmo apesar de evidências do contrário. Fé é você acreditar em coisas que existem, mas que não vê. Por exemplo: você não pode ver os seus pensamentos, contudo, eles existem; não pode ver o ar que respira, mas é por ele que vive

Nas palavras do Catecismo de Westminster: "Fé em Jesus Cristo é a graça da salvação, por meio de qual nós recebemos e repousamos sobre ele para a salvação, como ele é ofertado para nós no evangelho". O objeto da fé salvadora é toda a revelação da palavra de Deus. Fé aceita e acredita nisso como verdade mais certa. Mas o ato especial de fé que une a Cristo tem como seu objeto a pessoa e o trabalho do Senhor Jesus Cristo. Esse é o ato específico de fé que um pecador é justificado perante Deus.

Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas". II Coríntios 4:18

A verdadeira fé é sentida por pessoas que tem o Espírito Santo de Deus habitando em seu ser, pois o Espírito Santo nos dá a sensação e a certeza de que Jesus está perto e que Suas promessas são verdadeiras. Amar a Deus e confiar nEle, é uma atitude de fé, e Deus se alegra em ver em seus filhos essa confiança.
Como anda sua fé?


Fontes de pesquisas Wikipédia, a enciclopédia livre e no site www.igrejamana.com.


1 comentários:

  • Josiel Dias disse...

    Olá minha querida irmã, Carla Graça e Paz.
    Obrigado por sua visita em nosso Blog e por ter nos seguido.
    Estou retribuindo seu carinho e também te seguindo.
    Deus te abençoe ricamente.
    Josiel Dias
    Mensagem Edificante para alma.

Postar um comentário